EDITAL DE ABERTURA SBPCAMP - site.jpg

Nelson José Nazaré Rocha

Diretor do Instituto de Psicanálise da
Sociedade Brasileira de Psicanálise de Campinas

Ana Maria de França Carneiro

Secretária de Seleção do Instituto de Psicanálise
Sociedade Brasileira de Psicanálise de Campinas

Instituto de Psicanálise
 

O Instituto de Psicanálise é o centro e o objetivo precípuo de uma Sociedade de Psicanálise uma vez que ele é o órgão da Sociedade que planeja, executa e coordena todas as atividades e funções relacionadas à Formação de Psicanalistas.
Em nosso Instituto seguimos o modelo Eitingon de Formação, um dos 3 modelos de Formação aprovados pela IPA (International Psychoanalytical Association - Associação Psicanalítica Internacional, fundada por Freud em 1910) à qual somos filiados.

Seguindo o modelo citado, nossa Formação está calcada na imersão do futuro psicanalista - que chamamos de “candidato”- simultaneamente em três tipos de atividades: análise pessoal - a análise didática -, seminários teóricos e clínicos e supervisão de sua própria prática psicanalítica.
Explico melhor cada uma dessas atividades:

Análise Didática: é a análise pessoal do candidato com um dos analistas didatas do Instituto de Psicanálise, que acompanha toda a Formação e que deve ter a frequência mínima de 4 sessões semanais.
 

Seminários Teóricos e Clínicos: plano de formação teórica e técnica que segue programa curricular definido pelo Instituto de Psicanálise com duração de 4 anos e meio (9 semestres). Os seminários são coordenados pelos docentes do IP. Para iniciar os seminários o candidato deverá ter cumprido ao menos um ano de análise didática.
 

Supervisões: durante a Formação o candidato deve supervisionar dois casos diferentes de pacientes adultos atendidos na frequência mínima de 4 sessões semanais. Cada uma dessas supervisões terá a duração mínima de 80 horas e deve ser realizada com um supervisor diferente, escolhido entre os analistas didatas do Instituto de Psicanálise. Ao final de cada processo de supervisão o candidato deve elaborar um Relatório de Supervisão que será avaliado por uma banca.

Uma vez aprovado em todas as obrigações curriculares o candidato é qualificado pelo Instituto como Psicanalista e pode solicitar seu ingresso como membro da SBPCamp e, assim, ser um membro da IPA.

O Instituto de Psicanálise do GEPCampinas é composto por uma Diretoria e pelos Corpos Docente e Discente e, para dar conta de todas as suas responsabilidades, tarefas e funções a Diretoria é assim estruturada e constituída:

Diretor do Instituto: Nelson José Nazaré Rocha


Secretário Geral: Regina Maria Leme Lopes Carvalho


Secretário de Seleção: Ana Maria de França Carneiro


Secretário de Currículo: Martha Prada e Silva


Secretário de Acompanhamento e Avaliação: Adriana Maria Nagalli de Oliveira


Secretário de Qualificação e Acompanhamento Didático: Vera Lúcia Colussi Lamanno Adamo


Representantes docentes (3)


Ana Maria Queiroz Guimarães Protti


Elenice Maria Zecchin Pereira Giannoni


Elizabeth Gnatos Lombardi


Representante discente:

 

Isnaia Polyanna Polo